Um manifesto de uma só humanidade

karin izumi

tumblr_ma3myyEjBD1r1ka9vo1_400

O novo ser humano contém toda a minha filosofia sobre a vida e sobre como ela deveria ser — vivida em sua totalidade, intensamente, integralmente, de modo que não nos arrastemos simplesmente do berço à sepultura, mas possamos fazer de cada momento uma grande alegria — uma canção, uma dança, uma celebração.

O ser humano obsoleto que existiu até agora está no seu leito de morte. Ele já sofreu muito; precisa de toda a nossa compaixão. Ele foi condicionado a viver infeliz, sofrendo, torturando a si mesmo.

Fizeram-lhe uma promessa: quanto mais ele sofrer, mais se torturar, mais masoquista for, mais destruir a própria dignidade, mais será recompensado. Esse era um conceito muito conveniente, pois o homem que está pronto para sofrer pode ser facilmente escravizado.

O novo ser humano não é um melhoramento do antigo; ele não é um fenômeno contínuo, nem um aperfeiçoamento. O novo ser…

Ver o post original 476 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s